Skip links

INSS confirma vazamento de dados de cerca de 40 milhões de beneficiários

Problema foi identificado devido ao uso inadequado de senhas de acesso ao sistema por terceirizados e ex-funcionários aposentados.

Cerca de 40 milhões de aposentados e pensionistas tiveram dados cadastrais expostos por meio de acessos sem controle, confirmou em nota o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). As análises preliminares indicam que dados pessoais, como nome, CPF, número e tipo de benefício, além do valor recebido mensalmente, foram expostos. O INSS está analisando o caso para determinar a extensão do vazamento e repassar as informações à Polícia Federal, que conduzirá as investigações necessárias. O problema foi identificado devido ao uso inadequado de senhas de acesso ao sistema por terceirizados e ex-funcionários aposentados. Essas senhas, distribuídas ao longo dos anos, não perdiam a validade e não tinham controle de dupla certificação, o que facilitou o vazamento das informações.

Em resposta, o INSS implementou novas medidas de segurança, como a determinação de validade para as senhas e uma melhor certificação, além de monitorar quem acessa os dados e para que fins. Apesar do vazamento, o INSS afirmou que não houve prejuízo aos cofres públicos, pois as informações vazadas não permitiam a solicitação de novos benefícios, apenas o acesso a dados cadastrais. No entanto, beneficiários relataram um aumento de contatos oferecendo crédito consignado antes do recebimento das aposentadorias.


Fonte: https://jovempan.com.br/

Acesse nosso Instagram

Acesse nosso LinkedIn

This website uses cookies to improve your web experience.