Skip links

EUA bloqueiam bens de 12 executivos da Kaspersky

O Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) do Departamento do Tesouro dos EUA anunciou, na sexta-feira dia 21 de Junho, sanções contra 12 executivos da Kaspersky “

por operarem no setor de tecnologia da economia da Federação Russa”. As sanções implicam o bloqueio de bens que esses executivos tenham nos EUA. As sanções não incluíram o CEO e cofundador da empresa, Eugene Kaspersky. Na semana passada, o Departamento de Comércio dos EUA proibiu a Kaspersky de vender seus produtos nos Estados Unidos devido à suposta “cooperação da empresa com autoridades militares e de inteligência russas em apoio aos objetivos de inteligência cibernética do governo russo”.

O Departamento de Comércio informou que chegou a essa determinação depois de uma investigação ter descoberto que as transações envolvendo os produtos e serviços da Kaspersky Lab, Inc. e da sua família corporativa representam um risco inaceitável para a segurança nacional dos EUA ou para a segurança e proteção de pessoas dos EUA.

Além disso, segundo comunicado do Tesouro, “quaisquer entidades que sejam detidas, direta ou indiretamente, individualmente ou em conjunto, 50 por cento ou mais por uma ou mais pessoas bloqueadas também são bloqueadas. A menos que autorizado por uma licença geral ou específica (…) os regulamentos do OFAC geralmente proíbem todas as transações realizadas por pessoas dos EUA ou dentro (ou em trânsito) dos Estados Unidos que envolvam quaisquer propriedades ou interesses em propriedades de pessoas designadas ou de outra forma bloqueadas. Estas proibições incluem a realização de qualquer contribuição ou fornecimento de fundos, bens ou serviços por, para ou em benefício de qualquer pessoa bloqueada e o recebimento de qualquer contribuição ou fornecimento de fundos, bens ou serviços de qualquer pessoa”.


Fonte: https://cisoadvisor.com.br/

Acesse nosso Instagram

Acesse nosso LinkedIn

This website uses cookies to improve your web experience.